A volta do Voluntários da Pátria, cult de 1980

Por Thales de Menezes

Uma banda mais comentada do que ouvida no rock brasileiro dos anos 1980 vai retornar aos palcos no próximo dia 7 de outubro. Nessa data, o Voluntários da Pátria subirá ao palco do Sesc Belenzinho para um show único.

Quinteto formado em 1982, a banda era um projeto de pós-punk com vocal de Nasi e baixo de Gaspa (que depois seriam integrantes do Ira!), bateria de Thomas Pappon (que formaria o Fellini, com Cadão Volpato) e as guitarras de Miguel Barella e Giuseppe Frippi.

O único registro fonográfico deixado pela banda foi o álbum homônimo, lançado em 1984, com oito faixas e pouco mais de 20 minutos. Não bastou para eternizar a força da banda. Quem assistiu aos shows do Voluntários da Pátria pelos muitos e pequenos palcos paulistanos da época deve ter guardado com carinho na memória canções poderosas como “O Home que Eu Amo” e “Cadê o Socialismo?”.

Gaspa não quis participar do show e será substituído por Sandra Coutinho. Integrante da banda punk feminina Mercenárias, ela chegou a participar de algumas apresentações do Voluntários da Pátria nos anos de atividade do grupo, entre 1982 e 1986.

A partir da esquerda, Nasi, Miguel Barella, Gaspa, Thomas Pappon e Giuseppe Frippi, o Voluntários da Pátria nos anos 1980 em foto de J.R. Duran
A partir da esquerda, Nasi, Miguel Barella, Gaspa, Thomas Pappon e Giuseppe Frippi, a formação do Voluntários da Pátria nos anos 1980 em foto de J.R. Duran

 

*

Puxadinho itinerante – Depois dos cerca de 1.000 shows realizados no sobrado na Vila Madalena, entre julho de 2012 e novembro de 2015,o Puxadinho da Praça está de volta. Agora, em rodízio de lugares em São Paulo. A nova fase começa neste domingo (25), na praça Éder Sader, no final da rua Fidalga, e com cara de festival. Vai ter Sara Sem Nome (com participação de André Whoong), Os Mulheres Negras, Tatá Aeroplano (com Barbara Eugenia) e Otto. Das 15h às 22h.

O Porão mudou – A edição 2017 do festival brasiliense Porão do Rock, já noticiada nesta coluna, mudou de data. Vai rolar no dia 29 de outubro.

Do heavy metal… – Estão sumindo bem depressa os ingressos para o Epic Metal Fest Brazil, em São Paulo, marcado para a Audio, no dia 15 de outubro. Quem puxa as vendas é a banda holandesa Epica, com gigantesco fã-clube no Brasil. Completam a noite o britânico Paradise Lost, o finlandês Finntroll, os alemães Xandria e The Ocean e os brasileiros Tuatha de Danann e Project 46.

…ao erudito – Uma apresentação da Orquestra de Cordas Laetare, no Teatro da Unibes Cultural, em São Paulo, neste sábado, marca o lançamento do CD “Mulheres Compositoras em Concerto”. A regência será de Muriel Waldman, também responsável pelo álbum, que reúne obras de 13 compositoras, entre elas as brasileiras Silvia de Lucca e Chiquinha Gonzaga.